ter, 28 maio 2024
InícioDestaquesCampanha em Pernambuco para vacinação de rebanho contra febre aftosa termina nesta...

Campanha em Pernambuco para vacinação de rebanho contra febre aftosa termina nesta terça-feira (30)

Os produtores rurais de Pernambuco têm até amanhã (30) para vacinar seus rebanhos contra a febre aftosa, que é obrigatória. O produtor que não imunizar seu rebanho ficará impedido de transitar com os animais, participar de eventos agropecuários e pagar multa. Além de adquirir o imunizante e vacinar os animais, é preciso fazer a declaração em um dos escritórios da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro) ou no site adagro.pe.gov.br até o dia 15 de maio.

O secretário de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca (SDA), Cícero Moraes, informa que a campanha deste ano, que tem como tema “Em Pernambuco a Febre Aftosa Não Tem Vez”, foi antecipada de maio para abril, com autorização do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA). “Temos um objetivo maior para Pernambuco, que é o de mudar, após avaliação do MAPA, o status atual para Estado Livre de Aftosa Sem Vacinação”, destacou.

Moraes acrescenta que o resultado positivo vai conferir ganhos econômicos para a agropecuária pernambucana, que estará apta a expandir seus mercados. “Essa é uma bandeira conjunta dos produtores, do Governo Raquel Lyra, e de todos os segmentos ligados à agropecuária”, salientou o secretário, reforçando o comprometimento das equipes da Adagro para atingir a vacinação de 2,4 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos.

Para garantir a quantidade suficiente de doses para a campanha de vacinação, a Adagro realizou uma articulação com os estabelecimentos agropecuários registrados na agência para que não falte vacina aos produtores. “Nossa prioridade é que cada pecuarista, cada produtor rural vá até as revendas, compre e vacine o seu gado até dia amanhã, pois não haverá prorrogação do prazo”, ressaltou Fernando Miranda, diretor de defesa e inspeção animal da Adagro e coordenador do Programa Estadual de Vigilância da Febre Aftosa.

Já a diretora presidente da Adagro, Raquel Miranda, lembra que, para o sucesso da campanha, é imprescindível que os produtores vacinem seus animais em todas as regiões do Estado, o que levará Pernambuco a atingir a meta de vacinação mínima acima de 90%, visando a certificação de Livre de Febre Aftosa Sem Vacinação.

O produtor que perder o prazo até amanhã para vacinar e o do dia 15 de maio para fazer a declaração está sujeito a penalidades, como multas por cabeça de gado não vacinada e por propriedade, além de sanções como impedimento de movimentar os animais, participação em eventos agropecuários e acesso a incentivos estaduais voltados ao segmento agropecuário.

As vacinas adquiridas nas revendas autorizadas devem ser mantidas a temperaturas entre 2°C e 8°C (e transportadas para os sítios ou fazendas dentro de caixas térmicas com gelo). Devem ser usadas agulhas novas para aplicação da dose de 2 ml na “tábua” do pescoço de cada animal. É recomendado priorizar as horas mais frescas do dia para fazer a contenção adequada dos animais e a aplicação da vacina.

A febre aftosa, doença transmitida por vírus, é altamente contagiosa e afeta principalmente os bovinos e bubalinos. O animal apresenta febre alta, perda de peso, dificuldade para pastar e queda na produção de leite. Além de comprometer a saúde do animal, a doença provoca prejuízos econômicos, pois o local onde é detectada deve ser interditado, proibindo o trânsito de animais e de pessoas, além da venda de animais, carne, leite e derivados.

Via PE Notícias

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
nublado
21.3 ° C
21.3 °
21.3 °
91 %
3.6kmh
98 %
ter
31 °
qua
33 °
qui
34 °
sex
29 °
sáb
30 °

Mais Lidas