ter, 27 fevereiro 2024
InícioDestaquesContra Raquel Lyra, categoria decreta greve dos professores a partir de 25...

Contra Raquel Lyra, categoria decreta greve dos professores a partir de 25 de julho devido o recesso

Em assembleia realizada nesta quarta-feira (05) pelo sindicato dos profissionais da Educação de Pernambuco (Sintepe), os professores do Estado decidiram decretar greve. O movimento irá paralisar aulas em todo o Estado, cobrando da governadora Raquel Lyra (PSDB) aplicação de reajuste salarial para a maioria dos professores – que ficaram de fora do reajuste do piso aprovado pela gestora.

“A greve vai ser decretada em defesa da repercussão do piso em toda a carreira, para contemplar analistas, professores ativos e aposentados. Vamos dar uma resposta, mostrando a nossa união. Nós estaremos juntos para superar medos e receios, como uma categoria combativa e unida que somos neste estado de Pernambuco”, disse a presidente do sindicato, Ivete Caetano.

Sem nenhum voto contrário, a categoria decidiu, em virtude do recesso escolar, pela decretação da greve a partir desta quarta-feira (05), com assembleia marcada para o dia 25 de julho, a fim de deflagrar a greve e suspender, de fato, as atividades nas escolas do Estado.

Estado de greve

Os professores de Pernambuco já vinham em estado de greve desde o mês de junho, alegando falta de diálogo da governadora Raquel Lyra. O governo do Estado aplicou reajuste do piso dos professores para 26 mil profissionais, deixando sem qualquer aumento cerca de 52 mil trabalhadores, ativos e inativos.

A rede estadual de ensino tem 1.059 escolas, cerca de 534 mil alunos e 35 mil professores, entre efetivos e temporários.

Via PE Notícias

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
nuvens quebradas
27.1 ° C
27.1 °
27.1 °
56 %
8.7kmh
74 %
ter
36 °
qua
35 °
qui
33 °
sex
33 °
sáb
26 °

Mais Lidas