Caso Hyara Flor: Adolescente, marido da cigana, ganha liberdade após decisão judicial

0
238
Reprodução

Em uma recente decisão da Justiça da Bahia, o adolescente de 14 anos, anteriormente apontado como suspeito no caso da morte de Hyara Flor Santos Alves, ganhou o direito de ser solto. O caso que teve repercussão na comunidade cigana de Guarantinga, localizada no Sul da Bahia, está passando por novos desdobramentos.

Homero Mafra, advogado encarregado da defesa do menor, não entrou em detalhes sobre os pormenores da decisão, mas confirmou que o adolescente será liberado do sistema socioeducativo do Espírito Santo, possivelmente entre esta segunda-feira e a próxima terça-feira, 15.

O Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases), por meio de nota oficial, deixou claro que informações referentes a adolescentes que estão ou estiveram sob custódia da instituição são protegidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), priorizando o princípio da proteção integral. Cabe lembrar que o jovem marido de Hyara Flor havia sido apreendido no último dia 26 de julho em Vitória, Espírito Santo. Posteriormente ao incidente que culminou na morte de Hyara Flor, ele e sua família se deslocaram para o estado capixaba, conforme apontado pelo delegado Moisés Damasceno, coordenador da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Eunápolis).

O inquérito policial, concluído pela Polícia Civil da Bahia no dia 10 de julho, trouxe novas luzes ao caso. Foi revelado que a fatalidade que tirou a vida de Hyara Flor Santos Alves ocorreu de maneira acidental. As investigações mostraram que, no dia do ocorrido, a vítima e uma criança de nove anos brincavam com a arma no quarto, quando, infelizmente, o cunhado da adolescente efetuou o disparo que resultou na tragédia.

Por Portal ChicoSabeTudo

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.