dom, 14 julho 2024
InícioDestaquesÁgua de coco: hidratação rápida e mais potássio que a banana; saiba...

Água de coco: hidratação rápida e mais potássio que a banana; saiba os benefícios da bebida

Exótico e refrescante. A água de coco é uma bebida ideal para substituir o consumo de infusões açucaradas, repor eletrólitos e se manter hidratado. De cor transparente e sabor adocicado, esse suco natural é uma importante fonte de vitaminas, minerais e aminoácidos benéficos à saúde. Entre seus principais amantes estão os atletas, que o escolhem para devolver ao corpo tudo o que perdeu após árduos treinos ou competições, outros preferem para aliviar a constipação estomacal (intestino preso) ou até para fortalecer o sistema imunológico.

É uma bebida que se encontra no interior do coco ainda verde. Caso contrário, explica Ramiro Heredia, médico especialista em medicina interna do Hospital de Clínicas José de San Martín (MN 117882), quando a fruta amadurece, “esse líquido se transforma em polpa de coco, que também é comestível”.

— Especificamente, essa água provém de cocos jovens, com aproximadamente seis a sete meses de idade, e quando é de tamanho médio, a quantidade de água costuma equivaler entre meia e uma xícara de chá — explica o médico.

Nos países tropicais e produtores de coco, como a Indonésia, as Filipinas ou o Brasil, este sumo tem uma longa tradição desde a antiguidade: as suas populações recorriam a ele para contrariar o efeito das altas temperaturas características dessas regiões graças aos seus atributos reidratantes. Por outro lado, também o usavam como remédio.

Se há algo que caracteriza esta bebida é a presença de múltiplas propriedades que, conforme elenca a nutricionista Lucila Rosso são “hidratante, antioxidante, digestiva, hipocolesterolêmica, diurética, antifúngica, desintoxicante e anti-hipertensivo”. Hoje a água de coco aparece como uma bebida saudável e atrativa aos olhos de quem dá importância aos seus cuidados pessoais.

— É muito utilizado no tratamento de desidratação relacionada a exercícios ou episódios de diarreia. Também é consumido para regular a pressão arterial e melhorar o desempenho físico, pois hidrata e repõe os minerais perdidos pelo suor, como sódio, potássio e magnésio — acrescenta a nutricionista.

Os benefícios da água de coco para a saúde
Embora a intenção desta bebida não seja substituir a água mineral, ela busca ser um complemento na hora da hidratação. Sua composição, de natureza nobre, posiciona a água de coco como muito elogiada pelos profissionais de saúde: “95% é água, 5% carboidratos e tem bom teor de minerais e vitamina C”, destaca Lucila.

— Entre outros benefícios, destaca-se que quase não contém gordura e proporciona baixíssimo índice calórico: para cada meio copo são cerca de 20 calorias — afirma a especialista.

Por estas razões, o seu impacto no corpo é muito diversificado. Uma das principais funções desta bebida é o seu poder de hidratar o corpo graças à presença de cinco minerais: magnésio, cálcio, fósforo, sódio e potássio, sendo este último o mais presente. Dados do portal Medical News Today informam que um copo de água de coco contém 600 miligramas de potássio, enquanto uma banana média contém 420 miligramas desse nutriente.

Dessa forma, é considerado um aliado principalmente dos atletas “porque ajuda a repor os nutrientes perdidos após exercícios físicos intensos e a recuperar os músculos do desgaste físico”, de acordo com Lucila que acrescenta o diferencial em relação a algumas bebidas isotônicas:

— Tem poucas calorias e não causa distensão abdominal ou desconforto gastrointestinal. E graças a esta qualidade hidratante, é ideal para quem sofre de diarreia porque repõe a água e os eletrólitos perdidos nestes episódios — detalha a nutricionista.

Por sua vez, devido ao seu alto teor de potássio, a função renal também será beneficiada por esta bebida lisonjeada. “A água de coco atua como diurético porque ajuda a eliminar toxinas do corpo estimulando a função renal: ajuda a produzir e eliminar a urina”, diz Lucila:

— Assim, se evita a formação das pequenas pedras que dão origem às pedras nos rins. Porém, é importante destacar que diante de uma patologia dessa magnitude é necessário consultar um profissional de saúde para controlar a ingestão de água de coco, pois o alto teor de potássio pode sobrecarregar a função renal.

Por outro lado, na Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos (NIH), relatam que a água de coco pode ser eficaz no tratamento da hipertensão: reduz a pressão arterial. Nesse sentido, nas palavras de Lucila, “o potássio presente melhora o relaxamento dos vasos e aumenta a eliminação do sódio pela urina. Portanto, reduz o risco de desenvolver doenças cardíacas, como infartos”.

Segundo a nutricionista, quem sofre frequentemente de cólicas também pode se beneficiar desta bebida já que “o teor de magnésio e cálcio classifica esta bebida como eficaz para sua prevenção e tratamento”. Especificamente, uma reportagem do portal Medical News Today afirma que um copo de água de coco contém 60 miligramas de magnésio e 56 miligramas de cálcio. Para Gabriel Lapman, nefrologista, cardiologista e autor do livro “Mais sapatos, menos comprimidos”, o magnésio proporciona saúde porque “atua nas fibras e tecidos dos músculos, colabora na sua contração e lhes dá estrutura”.

Rica em vitamina C, a água de coco atua como um poderoso antioxidante e melhora o funcionamento do sistema imunológico. A nutricionista garante que “ela serve para combater os radicais livres, que se se acumularem em quantidade podem causar doenças”. Além disso, o nutriente também “fixa a absorção do ferro no organismo”.

Estar atento
Ao escolher beber água de coco, você deve se certificar de que ele é verde e fibroso e, ao mexê-lo, deve sentir o líquido mexer.

Beber sua água pode ser tentador ao paladar de qualquer pessoa, sem falar no atrativo que pode causar aos adeptos de um estilo de vida saudável. Porém, alguns cuidados devem ser tomados porque assim como é aconselhável beber água mineral em quantidade, no caso desta bebida de fruta não se pode abusar do seu consumo:

— É natural e seguro para a maioria dos adultos, mas, em grandes quantidades, pode causar aumento acentuado dos níveis de potássio no sangue, o que pode causar problemas renais e batimentos cardíacos irregulares — pontua a nutricionista. Além disso, o médico Heredia destaca que em alguns pacientes pode atuar como laxante, “o que pode piorar a desidratação”.

Diante desses cuidados, a nutricionista ressalta ainda que gestantes e lactantes, pessoas com fibrose cística, pessoas com pressão baixa e que tomam medicamentos para pressão arterial devem evitar consumir água de coco, pois seus altos níveis de sódio e potássio podem trazer consequências à saúde. Nessa linha, Heredia também esclarece que “embora lhe sejam atribuídas propriedades benéficas à saúde, há algumas que se baseiam em crenças e fatores culturais e é necessária um pouco mais de pesquisa científica”.

No mundo de hoje existem cada vez mais opções artificiais para repor os nutrientes, mas a verdade é que às vezes é conveniente voltar às origens, ao que não foi industrializado. Por isso, a água de coco promete ser uma alternativa natural para se manter hidratado e saudável.

Por Agência O Globo

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
nuvens dispersas
22.7 ° C
22.7 °
22.7 °
63 %
6.4kmh
44 %
seg
29 °
ter
30 °
qua
27 °
qui
30 °
sex
21 °

Mais Lidas