seg, 4 março 2024
InícioDestaques"Quem caça culpado, caça problema. A gente caça solução!", diz prefeito de...

“Quem caça culpado, caça problema. A gente caça solução!”, diz prefeito de Jatobá, Rogério Ferreira durante reinauguração do PSF 1; VEJA VÍDEO

Na última sexta-feira (04), o Prefeito Rogério Ferreira, seu vice Eraldinho, Secretária de Saúde Gilvaneide, Secretários, Assessores, Colaboradores e População em Geral, participaram do evento de Reinauguração/Requalificação do Posto de Saúde da Família (PSF 1). Em seu discurso durante a cerimônia o prefeito disse: “Quem caça culpado, caça problema. A gente caça solução!”, levantando o tom em sua fala.

Veja o vídeo com o discurso na íntegra:

Acompanhe na íntegra o discurso do prefeito de Jatobá:

“Sem falsa modesta, nenhuma, o povo de Jatobá escolheu uma mudança para que mudasse, melhorasse a gestão. Então, a gente não poderia ser responsável de deixar as coisas caminhando da mesma forma que sempre caminharam. A gente precisava melhorar e esse é um sinal simples das melhorias que estão acontecendo. É uma melhoria num PSF que emociona pela história. Não é? A gente tinha um PSF ali na praça que veio para cá, como Neide falou, emociona bastante. E o que mais me emociona é ouvir que as coisas acontecem, pigmentos e as coisas acontecem, oportunidade para todos e para todas, sem excluir, sem incluir por motivos escusos, incluindo porque tem necessidade. E essa é a nossa maior gratidão. Agradeço a Deus por permitir que toda essa equipe esteja junto com o mesmo pensamento, o pensamento de melhorar, o pensamento de humanidade, de dignidade, o pensamento de fazer bonito, fazendo bem feito. Isso é o que mais nos emociona, né? E mesmo a senhora também, quando eu ouço o hino de Jatobá, aí na pessoa de Simone, aqui, eu vendo Simone, eu lanço um desafio para Patrícia e Simone. Para Patrícia, na verdade, lembrei porque vi Simone, porque o hino de Jatobá, eu me emociono toda vez que toca. E outro dia, eu me emocionei mais ainda, porque eu vi as crianças da educação cantando o hino do início ao fim, isso me emociona. E aí eu lanço o desafio que eu lanço, vamos fazer o coral para quando a gente tiver inaugurando. A gente tem um coral de crianças do município, que é a coisa mais linda, de arrepiar. E eu digo isso, porque essa requalificação que nós estamos aqui reinando, a mudança, a melhoria, o que ocorreu para melhorar saúde do município. Esse é um passo. Mas é um passo que vai continuar, porque dia 17 já está agendado, a gente vai inaugurar o PSF do Bem Querer de baixo, transmitindo aquele PSF para a comunidade indígena. Então, é um recurso que ficou aí parado durante anos, e nós conseguimos destravar. Quando eu digo nós, é nós mesmos, e a gestão inteira debruçada, buscando resolver os problemas e não criar problema. Quem caça culpado, caça problema. A gente caça solução. Então, era um problema que estava travado, né? Em dias de se perder o recurso, que foi o emenda do deputado federal, e eu não tenho vaidade nenhuma em dizer, meu não é meu, não importa, é um deputado que foi votado em Jatobá, que tem responsabilidade, que teve, né? É Augusto Coutinho, era uma Emenda dele que estava sendo praticamente perdida, porque não evoluía, não dava passos adiante. Então, a gente conseguiu destravar e no dia 17 é a próxima inauguração que eu já convido todos e vocês, como que fica o convite, porque é importantíssimo, é o Marco para o nosso município, todo mundo sabe das dificuldades e aquele PSF, o PSF indígena, ele vai ser entregue a comunidade indígena dignamente, lindo, dentro de todas as dezesseis recomendações de colegiadas para atender como deve ser atendido o cidadão de Jatobá. Porque nós somos uma comunidade, olha, e breve a gente vai estar também inaugurando o PSF no logradouro Itamaratu, localizado no Camaratu, uma unidade que nunca existiu e que nós utilizamos um prédio que existia abandonado para fazer daquela uma unidade de saúde, para atender uma comunidade que cresceu, eu digo até que triplicou seu tamanho e fazia, se fazia necessário a gente dá atenção. Então, em breve, a gente já está trabalhando, a equipe está lá, tentando na mente para que a gente também possa fazer uma nova inauguração, uma nova entrega de mais um equipamento de saúde para a comunidade Jatobá. Isso, a questão da saúde, assim, me deixa muito alegre, porque ela tem andado a passos largos, tem mudado realmente a atmosfera do município. A gente vê hoje o TFD indo e voltando, praticamente todo dia. E não é porque a gente precisa estar deslocando o pessoal, não é porque, infelizmente, a gente não tem condição de ter média e alta complexidade em função do nosso tamanho. A gente precisa realmente transferir, mais fácil. Alguém pode pensar, seria deixar de atender. Mas a gente não pensa assim, a gente pensa em oferecer cada vez mais e melhor. Vai oferecer, por oferecer, não é? Oferecer com dignidade, toda dificuldade existe. A gente não é um município melhor do que nenhum da nossa região, do nosso estado, do nosso país. A gente é um município que tem toda dificuldade que tem os outros municípios. Hoje, todos os municípios do Brasil estão com bastante dificuldade. Jatobá não é diferente. Nossa receita diminuiu e diminuiu em aproximadamente 30%. Não só a nossa, é a de Tacaratu, é a de Petrolândia, é a de Recife, de todos os municípios, tem diminuído significativamente. Eu participo de um grupo de WhatsApp dos prefeitos de Pernambuco e vocês precisam ver o desespero que é prefeito e sem saber se vão pagar a folha de pagamento, prefeito sem saber se vão continuar com atendimento fora do município de saúde, sem saber se vão conseguir os transportes universitários da vida. Então, é um pânico, eu digo a vocês. O que existe naquele grupo, inclusive, todos buscando uma mobilização nacional para a gente ir a Brasília e mostrar à sociedade a dificuldade que os municípios estão vivenciando. E vocês podem perceber facilmente, olhando aí as reportagens, que muitos municípios, até da nossa região, próximos, estão demitindo, estão retirando pessoas, retirando direitos, retirando ganhos que a população tinha tido. Mas graças a Deus, graças a cada um de vocês que compõem a gestão, Jatobá está na dificuldade, mas no rumo, no sentido diferente. Porque nós hoje estamos contratando, nós estamos oferecendo saúde, oferecendo educação, nós estamos oferecendo todas as políticas públicas para os cidadãos de Jatobá. É tanto que agora a gente teve que limitar o atendimento da saúde para o cidadão de Jatobá, porque a gente tava atendendo, você está dando cidadão do Caixão, o cidadão que vinha do Brejo, que não fazem parte do município de Jatobá. Então, recursos de Jatobá é para ser utilizado como cidadão já estivense. A gente teve que limitar para que o cidadão de Jatobá tenha as oportunidades corretas, dignas, necessárias. Essa é uma necessidade de limitação, para que o recurso de Jatobá seja usado dentro de Jatobá. Então, diante de todo o universo de dificuldade, a gente tem conseguido colocar as contas em dia. E graças a toda a equipe de gestão que faz o município de Jatobá, toda a equipe de servidores que tem contribuído bastante para que isso aconteça. Não é porque desde uma base que você não estraga e você faz uso adequado, desde uma garrafa PET, e quando eu vi, eu acho a coisa mais linda, o caminhão dos recicláveis passando ali, lotado, lotado. Não é porque a gente tá produzindo lixo demais, não. Pessoal, é porque a gente tá conseguindo reciclar aquilo que tem valor, a gente tá conseguindo apropriar valores para o nosso município. Isso significa uma mudança de cultura. É difícil ainda. Não estamos no pleno ainda, não estamos no ótimo. Mas vamos, cada passo que nós dermos é um passo à frente para melhorar para nossa cidade, para nossa cidade crescer. Esse é o nosso intento. Não existe outro que não seja a cada dia fazendo nossa cidade melhorar para todos os municípios, todos. Eu repito, todos, todas. Então, entenda, todos, todas, todas, quem for, como se enquadrar, é esse o nosso objetivo. A gente tem buscado fazer o melhor pelo cidadão de Jatobá. Não é fácil. E aqui eu me reporto a Doutor Renê, que não é fácil, Dr. Renê, consultar o coração batendo, né? É difícil você trabalhar com a máquina funcionando. Não foi fácil. Essa requalificação aqui, porque a gente, para parar aqui, doutor, a gente teve que utilizar outra instalação e não simplesmente fechar a unidade e tocar a obra. A gente precisou continuar com atendimento de toda a equipe aqui, como Aline bem colocou, e eu parabenizo você e sua equipe, parabenizo toda a equipe do PSF 1, porque com tudo isso acontecendo, não deixou em nada a desejar a assistência do cidadão que é vinculado ao PSF 1. Meus parabéns à equipe do PSF 1. E parabenizo, estendendo esses parabéns, porque eu sei que a gente vai melhorar, requalificar outros PSF. E a rotina é essa, é requalificar, é melhorar, mas continuar funcionando. Aí, é só uma analogia simples do torneio, como médico atende o cidadão com o corpo funcionando, assim tá sendo a saúde de Jatobá. A gente precisa melhorar sem dar o motor funcionando e melhorando com a máquina andando. Muito obrigado a cada um de vocês. E ainda digo mais, a gente tem lutado e a gente, todos os imóveis, as construções paradas, a gente não adormeceu, deixando que elas continuassem paradas, como foi a escola do Cai ali atrás do Cai. A gente pegou uma obra que caminhava para as ruínas, em tempo de se perderem os recursos. E eu digo, lá, nós investimos recursos próprios. Quando eu faço assim, não é próprio meu, não é próprio do município, recursos próprios. A gente investiu para que a obra não virasse ruínas em nosso município. E nós despertamos, nós despertamos ao Ministério Público todas as obras que estavam paradas em nosso município, as quadras da escola, a quadra da escola municipal, a creche aqui, que são obras, e as prestações de contas já tinham sido expiradas, que estavam com embargos judiciais. A gente provocou o Ministério Público com representações. Naturalmente, ele provocou de volta. Vocês têm interesse de retomar? Sim, nós temos o interesse de cada vez mais trazer novos equipamentos com qualidade, ou melhores, para o cidadão Jatobá. Isso, nós dissemos. Sim, e aí o governo federal abriu uma porta em seus programas para que as obras paradas pudessem ser retomadas e junto com a equipe aqui fazer, Augusto, tá, Robson, Wagner, estamos juntos e ruídos para dar renovação para esses imóveis. E nós já sinalizamos com o governo federal, já tomar, tem interesse. Sim, eu tava conversando aqui com até um engenheiro, Adão, que visse quais são os recursos necessários, porque vocês podem perceber que a creche aqui é uma creche que está praticamente sucateada, toda infiltrada. Nosso terreno, terreno de Jatobá, é um terreno ácido, com muito, com muita humildade, com muita, a língua vai secando. Então, é um solo bastante úmido, com muita umidade, e vocês podem perceber a dificuldade que seria uma recuperação. Mas o que depender da gestão. O que depender do município, a gente não mede esforços para poder requalificar, reformar, melhorar, reinventar e reinaugurar, se for preciso, a gente reinaugura. Porque a reinauguração é fruto de uma melhoria. A gente não tá só fazendo uma fachada, pintando, maquiando. A gente tá efetivamente melhorando a qualidade. Eu me reporto novamente à Dra. Paula, quando ela disse a sala de odontologia não tinha as condições adequadas, nós fizemos dentro dos preceitos necessários e legais para que tudo aconteça da melhor forma. E assim está acontecendo neste momento, esta requalificação e, naturalmente, a reinauguração do PSF”.

Na ocasião a abertura do evento ficou por conta de membros da Igreja Verbo da Vida que receberam a todos os presentes com louvor, adoração e oração.

A Secretária de Saúde Gilvaneide em sua fala demonstrou-se muito emocionada visto que a mesma é Agente Comunitária de Saúde concursada, e aquele PSF antes era um local simples onde hoje é a Praça Governador Eduardo Campos e foi seu primeiro local de trabalho.

Dando prosseguimento, a Coordenadora de Saúde Bucal a Senhora Ana Paula Araújo, destacou o trabalho e empenho de toda equipe da gestão em especial aos colaboradores do PSF 1, finalizou sua fala fazendo uma apresentação dos serviços ofertados naquela unidade de saúde, onde segundo a mesma existem serviços e materiais de odontologia ofertados pelo município que só são encontrados em consultórios particulares.

O vice-prefeito Eraldinho agradeceu a presença de todos, destacou o momento como impar e recepcionou a todos os novos colaboradores do município.

Em seguida o Prefeito Rogério Ferreira, no uso da palavra cumprimentou a todos os presentes naquele evento, destacou o momento festivo, porque aquele era um momento onde tinham a oportunidade de REQUALIFICAR, MELHORAR, pois aquela reforma foi feita para que o cidadão jatobaense tivesse um atendimento de maior qualidade do que o que já ofertava.

SERVIÇOS EXECUTADOS NA REQUALIFICAÇÃO DO PSF 1
-Revitalização do Prédio, Ampliação do Consultório Odontológico, Cadeira Odontológica, Refeita toda parte de Pintura e Elétrica, Revitalização Completa do Forro do Prédio e Nova Cobertura da Caixa D´água e do Telhado.

Em seguida foi feito o descerramento da placa de reinauguração do prédio e visita às novas instalações, e como não podia faltar foi oferecido um Coffee Break para todos os presentes no evento.

Por Redação | Informações: Portal Jatobá

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
nuvens dispersas
24.9 ° C
24.9 °
24.9 °
77 %
1.8kmh
30 %
seg
33 °
ter
34 °
qua
36 °
qui
33 °
sex
31 °

Mais Lidas