sáb, 25 maio 2024
InícioCrimePolícia procura ex-senador suspeito de mandar matar mãe da própria filha

Polícia procura ex-senador suspeito de mandar matar mãe da própria filha

O ex-senador Telmário Mota teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Roraima, nesta segunda-feira, 30. Ele é suspeito de encomendar o homicídio de Antônia Araújo de Souza, de 52 anos. A vítima é mãe de uma das filhas dele, que o denunciou por estupro no ano passado. Como não foi localizado pela Polícia Civil, o ex-parlamentar foi considerado foragido.

A polícia procura também outros dois homens. Harrison Nei Correa Mota, que é sobrinho de Telmário e é apontado como responsável pelo planejamento e logística do assassinado, e Leandro Luz da Conceição, que seria o executor.

Os mandados de prisões e buscas em sete endereços foram autorizados pela Justiça de Roraima. Com apoio da Polícia Militar, da Secretaria de Segurança Pública e do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), os mandados foram cumpridos em Boa Vista, Caracaraí e Brasília (DF).

A ex-esposa de Telmário foi assassinada com um tiro na cabeça em 29 de setembro, quando saía de casa para trabalhar. De acordo com a polícia, ela foi morta por dois homens que estavam em uma moto. Um deles a abordou e perguntou o nome, ao ter a confirmação, disparou contra ela. O crime ocorreu no bairro Senador Hélio Campos, na zona oeste de Boa Vista.

Na eleição do ano passado, Telmário disputou novamente o cargo de senador pelo PROS, que foi incorporado pelo Solidariedade, em fevereiro deste ano. O partido, por nota, ressaltou que o ex-candidato se desfiliou em 17 de outubro deste ano. A assessoria do ex-senador ainda não se manifestou sobre o caso.

Via Edenevaldo Alves

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
nublado
27.5 ° C
27.5 °
27.5 °
61 %
7.8kmh
100 %
sáb
28 °
dom
30 °
seg
31 °
ter
31 °
qua
33 °

Mais Lidas