Polícia Militar Detém Suspeito por Violência Doméstica e Posse Ilegal de Arma de Fogo no Distrito de Caraibeiras em Tacaratu (PE)

0
188
Foto: 4ª CIPM

Uma vez mais, a 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), conhecida como Companhia Tenente PM Cirilo de Sousa Araújo, demonstra seu comprometimento em enfrentar situações de violência doméstica e garantir a segurança e a justiça para todos. Em uma tarde marcada por uma ação decisiva, os policiais da GTI 4031 se uniram aos esforços da Polícia Civil para conter uma situação de ameaça e agressão.

Nesta segunda-feira (21), os Policiais Militares receberam um chamado da Polícia Civil, solicitando apoio para localizar um indivíduo acusado de agredir e ameaçar sua própria esposa. Agindo em prontidão, a equipe da GTI 4031 realizou rondas em duas direções, desdobrando-se para capturar o acusado, no Distrito de Caraibeiras em Tacaratu, no Sertão de Pernambuco.

O esforço conjunto resultou no êxito da captura, uma ação que reafirma o compromisso das forças de segurança em assegurar a proteção da vítima e a aplicação da lei. Durante a busca na residência do acusado, uma descoberta relevante foi feita: uma garrucha artesanal, uma arma de fogo de fabricação caseira, estava em posse do indivíduo. Além disso, foram encontradas sementes de maconha no local.

Em seu depoimento, o indivíduo alegou ser usuário de maconha, embora tal alegação não diminua a gravidade da posse ilegal de arma de fogo e a ameaça à integridade de sua esposa. Diante dos fatos, os envolvidos e as provas materiais foram conduzidos à Delegacia de Polícia local, onde os procedimentos cabíveis foram iniciados.

O desfecho da ocorrência resultou na instauração de um inquérito por portaria, bem como na apreensão da arma de fogo artesanal e das sementes de maconha. Mais uma vez, a 4ª CIPM demonstra sua postura incansável no combate à violência doméstica e ao uso ilegal de armas, reafirmando seu papel fundamental em garantir a segurança e o bem-estar da comunidade.

Para emergências, informações relevantes ou denúncias, a população pode contar com o DISK DENÚNCIA através dos números 190 ou (87) 99675-6614.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.