qui, 13 junho 2024
InícioDestaquesPernambuco tem semana menos violenta do ano, mas mortes em maio já...

Pernambuco tem semana menos violenta do ano, mas mortes em maio já cresceram 4,5%

Pernambuco concluiu os primeiros 20 dias de maio com aumento de 4,5% nas mortes violentas intencionais, segundo estimativa divulgada nesta terça-feira (21) pelo secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho. O comparativo é feito com o mesmo período do ano anterior.

Apesar disso, o governo do Estado comemorou o fato de ter registrado a semana menos violenta de 2024 até agora. Entre os dias 13 a 19 de maio, o Estado somou 52 assassinatos. O número foi apresentado durante a reunião semanal do Juntos pela Segurança, comandada pela governadora Raquel Lyra.

“No mês de maio estamos com um aumento, até o momento, de 4,5% em relação aos mesmos 20 dias de maio do ano passado. O que colocamos na reunião do Juntos pela Segurança foi que vínhamos num patamar de homicídios, fizemos o melhor final de semana dos últimos 12 meses, e nós estamos em uma curva decrescente em três semanas seguidas”, declarou Carvalho, em entrevista ao programa Passando a Limpo, da Rádio Jornal.

No último final de semana, 18 e 19 de maio, o Estado registrou de 21 assassinatos, menor contagem desde o início do ano para um compilado de sábado e domingo.

Na semana de 22 a 28 de abril, 86 mortes violentas intencionais foram registradas. Já dos dias 29 de abril a 5 de maio, 74 vidas foram perdidas. E de 6 a 12 de maio, foram 68.

“Tivemos nas últimas três semanas resultados positivos na redução dos crimes contra a vida no Estado, importantes para a gente conseguir obter melhores resultados de segurança em Pernambuco. Esse é um trabalho constante das forças operacionais para promover uma maior paz social aos pernambucanos”, declarou a governadora Raquel Lyra, em comunicado à imprensa.

Nas estatísticas de mortes violentas intencionais estão incluídos os homicídios, latrocínios, feminicídios, lesões corporais seguidas de morte e óbitos por intervenção policial.

ACUMULADO DE 2024 TEM AUMENTO DAS MORTES

No acumulado do ano, de janeiro a abril, 1.312 mortes violentas intencionais foram somadas em Pernambuco. No mesmo período de 2023, foram 1.223. O aumento foi de 7,27%.

O Juntos pela Segurança tem como meta a redução de 30% nas mortes, crimes violentos contra o patrimônio, roubo e furto de veículos e violência contra a mulher até o ano de 2026, tendo como base os números de 2022.

Na avaliação do secretário de Defesa Social, a saída de milhares de detentos do Complexo Prisional do Curado, no Recife, a partir do segundo semestre de 2022, teve papel no aumento da violência em Pernambuco.

“Existem criminosos profissionais, eles não sabem fazer outra coisa. A vida daquela pessoa é cometer crime. Se ele tiver preso, ele para. Se ele voltar para a rua, ele vai voltar a cometer crime no mesmo momento. O que foi que aconteceu no Estado? Pernambuco foi condenado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos a contar em dobro cada dia de cumprimento de pena no Complexo Prisional do Curado. Isso resultou, para ser bem sintético, na liberação de mais de 5 mil presos entre agosto de 2022 e dezembro de 2023”, afirmou.

A medida foi determinada devido à condenação do Estado brasileiro pelas violações aos direitos humanos nas unidades prisionais, que apresentam histórico de superlotação e falta de estrutura básica para sobrevivência dos detentos. O Conselho Nacional de Justiça tem feito o monitoramento de melhorias no sistema prisional pernambucano, inclusive com visitas ao Curado.

Via: Ronda Jc

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
nublado
27.6 ° C
27.6 °
27.6 °
58 %
7kmh
96 %
qui
27 °
sex
30 °
sáb
30 °
dom
30 °
seg
30 °

Mais Lidas