sex, 21 junho 2024
InícioPolíticaPCdoB vai levar Eduardo Bolsonaro ao Conselho de Ética por ataque contra...

PCdoB vai levar Eduardo Bolsonaro ao Conselho de Ética por ataque contra Miriam Leitão

Eduardo Bolsonaro fez ataque “sórdido” com referência à tortura, na visão do colega Orlando Silva (PCdoB-SP) – Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Senado

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) deve ser levado ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados e pode até ser cassado por ter debochado de tortura sofrida pela jornalista Míriam Leitão, do jornal O Globo.

No domingo (3), Leitão compartilhou em seu perfil no Twitter uma coluna que escreveu para o jornal intitulada “Única via possível é a democracia”. Na publicação, ela disse que o erro da 3ª via é tratar Lula e Bolsonaro como iguais.

O deputado compartilhou a publicação e escreveu: “Ainda com pena da cobra”. Durante a ditadura militar no Brasil (1964-1985), a jornalista foi presa e torturada. Em um de seus relatos, Míriam, que estava que estava grávida à época, conta que foi colocada em uma sala escura com uma cobra.

Em reação, o PCdoB deve tentar conseguir a punição do filho do presidente nas instâncias internas da Casa. O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) anunciou decisão do partido sobre o tema nesta segunda-feira (4).

“Consultei o PCdoB e faremos representação contra Eduardo Bolsonaro no Conselho de Ética da Câmara pelo deboche afrontoso e desumano à tortura sofrida pela jornalista Miriam Leitão. Esse canalha sórdido não ficará impune!”, escreveu.

Absolvição em 2021

Em abril do ano passado, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara decidiu arquivar um processo movido por Rede, Psol, PT e PCdoB contra Eduardo Bolsonaro. Foram 12 votos pelo arquivamento e cinco pela continuidade.

O processo, referente às representações 10/19 e 11/19, será arquivado, a menos que haja recurso ao Plenário contra a decisão. Os quatro partidos acusavam o parlamentar de quebra de decoro e de atentado contra a democracia por sugerir, durante uma entrevista, a adoção de um novo AI-5, instrumento que, em 1968, endureceu o regime militar, permitindo o fechamento do Congresso Nacional, entre outras medidas.

Do Brasil de Fato

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
nuvens dispersas
19.1 ° C
19.1 °
19.1 °
97 %
2.8kmh
46 %
sex
29 °
sáb
29 °
dom
29 °
seg
31 °
ter
26 °

Mais Lidas