qui, 18 julho 2024
InícioBolsonaroEx-assessor de Bolsonaro ganha liberdade em caso de fraude em cartão de...

Ex-assessor de Bolsonaro ganha liberdade em caso de fraude em cartão de vacina

A decisão do Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de soltar Max Guilherme Machado de Moura, ex-segurança e ex-assessor do ex-presidente Jair Bolsonaro, repercutiu no cenário nacional. Segundo informações confirmadas pelo advogado Admar Gonzaga, a decisão de soltura foi emitida na quarta-feira e executada na quinta-feira, com o uso de tornozeleira eletrônica por parte de Max Guilherme.

Max Guilherme, que atuou como sargento da Polícia Militar do Rio e estava frequentemente ao lado do ex-presidente durante seu mandato, foi preso em 3 de maio. Ele é investigado por inserção de dados falsos no cartão de vacina de Bolsonaro e outros aliados, como parte de um esquema para obter vantagens indevidas, como a possibilidade de viajar internacionalmente.

A investigação, que segue sob sigilo, apontou que o esquema de fraude em carteiras de vacinação beneficiou também a filha do ex-presidente, Laura, e outros aliados. A prisão do ex-segurança gerou questionamentos sobre o papel de outros membros do staff de Bolsonaro, incluindo Mauro Cid e Sergio Cordeiro, que foram presos no mesmo dia que Max Guilherme.

De acordo com o advogado, não há mais motivos para a manutenção da prisão, mas a investigação continua e pode trazer novos desdobramentos.

Via ChicoSabeTudo

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
nuvens quebradas
20.6 ° C
20.6 °
20.6 °
95 %
3.7kmh
62 %
qui
30 °
sex
28 °
sáb
29 °
dom
28 °
seg
29 °

Mais Lidas