sáb, 25 maio 2024
InícioDestaquesDetran volta a multar motoristas profissionais sem exame toxicológico em dia a...

Detran volta a multar motoristas profissionais sem exame toxicológico em dia a partir de 1º de maio

A cobrança de multa para motoristas sem o exame toxicológico estava suspensa 2022, mas o seu Adilson Martins nunca deixou de fazer. Ele mora no interior de São Paulo e, com o exame vencido, voltou ao laboratório.

“Até porque ser de categoria específica implica em você conduzir veículos de maior porte e que necessitam mais segurança. No trânsito, eu entendo que é uma conjunção das condições do veículo, da condição da estrada e, principalmente, do condutor”, diz Adilson, que é consultor de energia.

“Se esse condutor não tiver em condições físicas, seja por alcoolismo, seja por cansaço ou mesmo por droga, como é o caso, ele vai estar colocando em risco todas as pessoas que estão transitando ali”, completa.

O teste toxicológico pode detectar substâncias consumidas há mais de 90 dias. O vice-presidente da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), Ricardo Hegele, explica que as drogas agem de duas formas no corpo.

“As estimulantes, como a cocaína e as anfetaminas, estão associadas a um excesso de velocidade. Ou seja, faz o motorista dirigir de forma agressiva”, diz Ricardo.

“É diferente na questão do uso de substâncias psicoativas, que são depressoras do sistema nervoso central, como a maconha e o álcool. Essas drogas aumentam o tempo de reação, prejudicando, a questão de atenção e a coordenação dele”, completa o especialista.

O exame toxicológico é obrigatório desde 2016 para motoristas das categorias C, D e E. A cobrança da multa ficou suspensa nos últimos anos.

No entanto, a partir do dia 1º de maio, os motoristas das categorias C, D e E que não estiverem com o exame em dia vão ser multados em quase R$ 1.500 — a infração é considerada gravíssima e o condutor ainda recebe sete pontos na carteira de habilitação.

Em uma rede de laboratórios visitada pela reportagem, a demanda pelo teste subiu 36% em abril, na comparação com o março. Todos os dias chegam milhares de exames de todas as partes do Brasil.

“Coleta-se duas porções de amostra, tanto de cabelo, quanto de pelo. Uma amostra é destinada para prova e outra para contraprova. Nessa análise, então, a gente avalia as drogas exigidas pela legislação”, diz Andressa Benedetti Martins, farmacêutica bioquímica coordenadora e responsável técnica pela toxicologia do laboratório.

O exame precisa ser feito a cada dois anos e meio em laboratórios credenciados pela Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran).

G1

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
nublado
31.1 ° C
31.1 °
31.1 °
48 %
6.2kmh
100 %
sáb
30 °
dom
31 °
seg
30 °
ter
31 °
qua
33 °

Mais Lidas