sáb, 18 maio 2024
InícioDestaquesBuscas por suspeito de assassinar duas jovens chegam ao 5ª dia em...

Buscas por suspeito de assassinar duas jovens chegam ao 5ª dia em Glória do Goitá, PE

A operação conjunta para localizar Edson Cândido Ribeiro, suspeito de matar duas jovens em Glória do Goitá, na Zona da Mata de Pernambuco, chegou ao quinto dia nesta sexta-feira (4). A Polícia Militar manteve uma equipe junto à casa da família dele para garantir a segurança dos parentes, após a casa da mãe ter sido invadida, na quinta (3).

Durante a madrugada desta sexta, a Polícia Civil recebeu uma ligação com a possível localização do homem e enviou uma equipe ao local. No entanto, ele não foi encontrado.

Edson, de 35 anos, já teve passagem pelo sistema penitenciário por estupro. Ele é procurado desde a segunda-feira (31), quando houve o estupro e assassinato a facadas de Jailma Muniz da Silva, de 19 anos. Além da morte de Jaílma, Edson é suspeito do homicídio de Kauany Mayara Marques, 18, encontrada sem vida na terça (1º), em um bueiro da cidade.

A população tem ajudado às autoridades nas buscas, que contam com muitos policiais, drones, carros, motos e um helicóptero, mudando a rotina da pacata cidade. As buscas foram intensificadas na quinta (3) após moradores dizerem que Edson teria sido visto na zona rural do município, onde também morava com a mãe.

A polícia também investiga se é Edson quem aparece em um vídeo de câmeras de segurança perseguindo uma mulher na madrugada de segunda (31). A empregada doméstica Marinalva Santos conseguiu fugir e registrou queixa na delegacia.

Um mandado de prisão temporária foi expedido pela Comarca de Glória de Goitá, que também autorizou a divulgação oficial da imagem de Edson.

Moradores corriam em estradas de barro e áreas de difícil acesso em busca de suspeito — Foto: Reprodução/TV Globo

Família

A mãe do procurado contou que Edson ficou preso de seis a oito anos por um crime de estupro, cometido em Pombos, na Zona da Mata. O crime ocorreu em setembro de 2013.

A agricultora Eliete Ribeiro pediu que o filho se entregasse e disse temer pela própria segurança e que o filho seja morto antes que as autoridades cheguem até ele.

Eliete afirmou que, se soubesse onde o filho está, diria para as autoridades. Apesar do apelo e do desejo pela prisão do rapaz, a agricultora tem sido alvo da revolta dos moradores da cidade, com os outros parentes.

A Polícia Militar informou que o 21º BPM deslocou uma viatura para que fique 24 horas por dia fazendo a segurança da casa dela e de outros parentes do suspeito.

As mortes

Jailma Muniz da Silva (à esquerda) e Kauany Mayara Marques da Silva (à direita) foram mortas em Glória do Goitá — Foto: Reprodução/WhatsApp

Todos os dias, Jailma Muniz da Silva preparava uma garrafa com café e um lanche para levar para a mãe e para o irmão, que trabalham na lavoura de limão, na zona rural de Glória do Goitá. Na segunda-feira (31), os parentes repararam que a jovem estava demorando muito para chegar.

O corpo dela foi encontrado a menos de um quilômetro da casa em que a família vive, ainda na manhã da segunda. A polícia foi acionada e, desde então, foram realizadas buscas na área de mata, que é uma região de difícil acesso, em busca do autor do assassinato.

No mesmo dia, veio à tona o desaparecimento da jovem Kauany Mayara Marques da Silva, de 18 anos. Ela desapareceu no sábado (29) e, na terça-feira (1º), moradores encontraram o corpo dela em um bueiro, dentro de uma tubulação, numa área em que havia bastante vegetação.

Na quarta-feira (2), a Polícia Civil confirmou que o cadáver, em avançado estado de decomposição, era de Kauany. O enterro da jovem ocorreu na quinta-feira (3), no Cemitério de Santo Amaro, no Recife.  

Do G1

Relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tempo Hoje

Petrolândia
céu limpo
21 ° C
21 °
21 °
97 %
2.2kmh
0 %
sáb
32 °
dom
31 °
seg
32 °
ter
32 °
qua
28 °

Mais Lidas